"… Veja nossa vida como está…

… Mas eu sei que um dia a gente aprende. Se você quizer alguém em quem confiar… confie em si mesmo!”
Sim… estou triste, chateada… Acabou o conto de fadas!!!!!
É… Ontem a noite, depois de um dia maravilhoso, feliz, me sentindo completa… MULHER, o Daniel conseguiu fazer com que me arrependesse do que fiz no Dia dos Namorados! Talvez ele tenha razão, mas existem muitas maneiras de falar. E magoar é uma das que menos me agrada!
Trabalho muito… em casa e fora de casa! Sou professora, Mãe, Esposa (e uma boa esposa, dediquei o dia 12 exclusivamente ao meu marido), Lavadeira, Passadeira, Arrumadeira, Faxineira, Diarista, Babá… Faço mercado, levo (quando não estou trabalhando) a Dani para a escola, busco todos os dias, faço almoço e janta sempre fresquinho e tudo muito saudável! Não vou ao salão… corto as unhas em casa, pinto o cabelo, corto o cabelo… tudo em casa para não gastar com fútilidades. Não sei o que é comprar roupas para mim. Comprar sapatos (meu tênis que corro furou na sola).
Será que não posso ter o luxo de um Dia dos Namorados com coisas diferentes? Poxa, não gastei uma fortuna (30 reais) mas foi o suficiente para que a noite fosse esquecida e ficasse apenas os 30 reais gastos com um Kit Sex Shop!

DANIEL
Desculpe se gastei esse dinheiro, Daniel… Achei que valeria a pena, como valeu! PARA MIM VALEU!
Não lembro de ter repreendido você por gastar com suas futilidades… Não mesmo! Talvez seja porque já se tornou normal você ir para Londrina comer Burger king, ou Mc Donald’s, ou Esfiha e tomar cerveja. Acho que você deveria rever seus conceitos… Porque vou rever os meus!
Sabe quando teremos alguma outra comemoração: NUNCA MAIS! Você não merece… Deveria ter pego esses 30 reais e comprado uma blusa para mim. Não iria ganhar nada mesmo, ao menos não sairira no prejuízo! Porque pra você foi só isso, prejuízo! OK … Veja nossa vida como está, mas um dia eu sei que a gente aprende… Sim, aprendi!
Foi só um desabafo… E desculpe se não consegui esculpir um sorriso enorme no rosto… Não tenho sido muito falsa ultimamente. Prefiro ficar com essa cara a fazer de conta que nada aconteceu! E quanto ao dinheiro, vou repor e você poderá fazer bom uso dele!
Beijos da sua”SUPER NAMORADA” (aham, é sim!).

___________________________________________________________
Olha a Edição!!!!

Continuando minhas histórias de vida, vou contar uma muito triste, mas que me fez crescer muito!!!

Há um ano atrás (um pouquinho menos) tive um calafrio na espinha durante a noite. Acordei o Daniel e ele disse que era para ir olhar a Dani no quartinho dela. Estava tudo bem, dormindo como um anjinho!!!!
Na manhã seguinte (dia 5 de julho) tive a mesma sensação, um pouco mais forte. Falei novamente com o Daniel e ele disse para não ir trabalhar, para ficar com a Daniela em casa. Achei bobeira,e fui trabalhar como todos os dias.
Às 15:05h tive novamente o calafrio, acompanhado de enjôo. Pensei “Vou ligar para ver se está tudo bem com os dois!”…
– Oi Dani, tudo bem?
– Não… A Daniela acabou de cair do meu colo (muito choro dele)!”
… Entrei em desespero. Imaginei ela toda machucada… Sei lá. Comecei a gritar para ele levá-la ao Pronto Socorro correndo que iria encontra-lo lá. A diretora da minha escola (um amor, Marcia) me levou porque eu estava trêmula da cabeça aos pés e desesperada. Chegamos ao PS antes deles.
Quando eles entraram, minha bonequinha estava linda como sempre. Deu um sorriso enorme para mim, mas meu coração de mãe dizia que alguma coisa estava errada. Ela não quis mamar (sendo que a última mamada fora às 11:30h)!!!! A médica que examinou disse que aparentemente estava tudo bem, estava com um galo imenso na cabecinha, mas os reflexos estavam ótimos. Perguntei se não precisaria fazer exames, porque não voltaria para casa sem ter certeza que estava tudo bem (ela caiu de cabeça do colo do pai em pé).
Fomos fazer um raio X que constatou uma fratura de crânio = TRAUMATISMO CRANIANO! Quando a médica falou isso, o Daniel saiu da sala e eu ensurdeci. Não lembro do que ela falou… apenas que não era para amamentar porque ela iria ser anestesiada para a tomografia.
Saí do consultório, entreguei a Daniela para a tia do Daniel e fui ligar para meus pais. Eles ligam todas as noites para mim, e se ligassem e não encontrassem ninguém ficariam super preocupados. Quando meu pai disse “Oi filha!” eu desmontei. Comecei a chorar muito…
-“Pai, a Daniela caiu!”
– “O que? Luciana… Meu Deus… Fale o que aconteceu! Pare de chorar e me fale… Ai meu Deus!!!”
Ele não parava de gritar… falei aos prantos que ela estava com trauma no crânio e ele ficou em pânico… Eu só pedia que eles (ele e minha mãe) viessem o mais rápido porque eu precisava muito deles… Muito!!!
Terminei o telefonema encostada em um canto de parede, no chão, completamente desamparada. Não sabia o que fazer… Mas tive um estalo “Cadê o Daniel?”. Corri para procurá-lo e ele estava no chão da calçada chorando muito e se culpando pelo ocorrido.
– “Não foi sua culpa, Dani! Podia ser comigo… com qualquer um! Não me faça acreditar nisso porque sei que não foi sua culpa!”
E ele gritava que tinha sido culpa dele. Nos abraçamos e choramos muito!!!
A ambulância chegou. “Ambulância?”. Como era grave, não podíamos sair de lá sem paramédicos.
Quando anestesiaram a Daniela para a tomografia, achei que meu coração iria parar. Tão pequenina, tão indefesa, por quê ela?????
Ela teve além do trauma um pequeno coágulo, então teve que ser internada na UTI Neo-Natal por três dias para observação. Me senti tão frágil, tão desprotegida… Queria pegar o Daniel no colo e ficar ali pelo resto da minha vida. Por um minuto me arrependi de ter a Daniela… Ela não merecia sofrer daquele jeito! Nem eu! Nem ele!
Voltamos so PS e a médica analisou a tomografia e nos informou da internação… mas não haviam leitos na UTI! Eu só chorava… Amamentei chorando (ela sentada de cavalinho na minha perna pois não podia encostar na cabecinha dela)! Passamos por outro PS até que liberassem a UTI… Foi horrível. Quando ela dormiu, veio um Neuropediatra e apertou a cabecinha dela. – “Não faça isso, dói! Deixem ela em paz!”… Me desesperei! Não acreditava que ele tinha feito aquilo. Eu estava sem comer desde de manhã e não sentia fome. Tinha uma força dentro de mim dizendo “Fica em pé que teu bebê precisa de você!”!!!!
Fomos para a UTI 23h e lá me informaram que não poderia passar a noite com ela. Ela só mamava no peito e caiu porque não queria a mamadeira… Briguei muito até que deixaram que eu ficasse lá até meia noite, horário da ultima mamada dela.
Tomei comprimido para dormir que não fez efeito nenhum. Passei a noite com os olhos arregalados…. sentia um vazio tão grande! Nunca imaginei que choraria sem lágrimas. Não tinha lágrimas… apenas um choro angustiado, triste… Na manhã seguinte cheguei ao hospital às 6h. Entrei e corri amamentá-la. Como foi bom ter minha pequena em meus braços. Ela estava ótima… com a roupinha do hospital. Quando ela nasceu, aquela roupinha era enorme nela. Agora estava curta e justa!!!! Meu bebê… Abracei, beijei como se não a visse há anos!!!! Passei o dia e a noite até 24h ao lado dela. Mão conseguia comer, dormir… só esperar que as 72h passassem para que ela fosse embora! Meus pais chegaram ao hospital (meu pai todo torto, travou as costas e ele mal podia andar de nervoso. Também não dormiram a noite toda)… Não podiam entrar para ver o bebê, mas queriam ficar ali comigo… o dia todo me consolando e dizendo que tudo ia ficar bem. No terceiro dia, meu pai ligou para saber da alta… nada ainda! E ele chorou como uma criança ao telefone. Não conseguia nem falar.
– “Pai, vai ficar tudo bem… ela está muito boazinha… Vai ficar tudo bem!”
Não, enquanto ela não estivesse em casa, no seu bercinho com seus brinquedinhos nada ia ficar bem!!! Levei alguns de seus brinquedos prediletos e enfeitei seu quartinho na UTI! Ficou muito alegre… e ela ficou mais calminha!!!
Viemos embora e meus pais correram para ver a baixinha! Meu pai chorou muito… HHAHAHA… Ele foi bombeiro, já fez muitos resgates, salvou muitas vidas. Mas quando se trata da família, ele não sabe o que fazer! É como se ele tivesse um bloqueio que não permite que ele faça nada, então ele chora!
Me senti tão feliz, como nunca em minha vida por ter minha Danizinha em casa comigo! Tive muito medo… medo de perder minha jóia! Medo de perder meu marido, achei que ele iria fazer uma loucura!!! Credo… Nem quero lembrar!
Em momento algum achei que o que aconteceu foi culpa do Daniel… NÃO!!!! Mas ouvi muito “Não culpe o Dani porque isso acontece!”… No fundo, todos o culparam…
Menos eu! Porque eu estava ao lado dele todos os dias o dia todo. Eu sabia o carinho com que ele tratava ela… eu sabia o cuidado que ele tinha! Aconteceu e foi uma fatalidade! Mas não culpa dele!!!!Também ouvi “Se você ficasse em casa cuidando dela nada disso teria contecido!”… Mas sabia que não tinham culpados, aconteceu e está tudo bem!
Fizemos monitoramento por seis meses… Tudo normalzinho!!!

Mas contei isso porque estou com um pouquinho de medo! Sei que não tem nada a ver o fato da Daniela não andar com a queda… Mas sempre penso nisso! Será???? Enquanto ela não andar, não vou ficar sossegada… E como isso é ruim!!!!

-Obrigada por emprestarem os olhos (ouvidos) para essa amiga tão triste!!!!
Beijos!!!!

6 responses to “"… Veja nossa vida como está…

  1. Lu, estou numa Lan house. O computador quebrou, o hd…aff. Agora, a assist. técnica me deu 30 dias para devolver o computador,enquanto isso vou me virando na Lan house. Amiga, fico triste por seu dia dos namorados ter acabado assim, o meu dia também não foi bom, mas por outras razões. Davi está bem melhor, mas Bruninho pegou a virose. Ô, meu Deus. Beijos, amiga.

  2. Juliana (mãe do Gui)

    Luuu. tbm fiquei trsite por causa disso!!! Poxa, esses homens…sabe que me identifiquei muuuito com vc, Homem é td a mesma coisa!!…Eu comrei o presente pra ele ( uma blusa )…a 1° coisa que perguntou foi quanto foi….eh molé!!!????…
    Fica triste naum, amiga!!!..
    Bjuuss e te adoro!

  3. Olha Lu… sei o que vc esta passando e por sinal, muito bem. Meu dia dos namorados foi péssimo e foi por causa do meu marido, também… Tô de saco cheio amiga!!!
    Não fica triste não.. dias melhores virão, vc vai ver, tenho certeza!!!
    Beijos e qualquer coisa grita.
    Vanessa

  4. Sabem meninas… Hoje me arrependi de ser tão boba assim! Boba por pensar nele, sendo que no fundo eu sabi que pra ele seria indiferente! Ontem, Ju, quando li que vc tinha dado a blusa e não tinha ganhado nado, me vi também! Fiz tudo aquilo por saber que ele não faria nada por NÓS! Porque ele só pensa em quanto vou gastar. Mas ele não pensa nisso para as coisas dele. Preferia não ter feito nada, ao menos seria um dia normal. Indiferente. Ruim como os outros! Mas achei que nossa relação merecia isso, uma comemoração especial! Mas como diise, aprendi. E a gente só aprende apanhando, não é? Ruim que tenha que ser assim, mas foi!
    Bola pra frente!
    Beijos Ana, Ju e Vanessa… Obrigada pela força!!!!

  5. Lu… vc tem msn??? Passa ele para mim…
    Acho que preciso desabafar também (rsrsrs)
    Beijos Vanessa

  6. Vanessa… meu MSN é
    sou_pop@hotmail.com
    Pode me Add que to aqui!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s