Recall Mattel, Escolas Bilíngues e A Lição dos Bons Alunos…


Ontem li a Veja desta semana (22 de agosto de 2007) e as matérias citadas no título do post me chamaram muito a atenção.
A empresa americana Mattel realizou um gigantesco recall de bonecas, carrinos e bonecos por possuírem alto risco à “vida ” das crianças. Sim, à VIDA. Alguns brinquedos foram coloridos com tintas contendo níveis de chumbo três vezes maior do que o permitido pelo órgão responsável por essas determinações. Entre os brinquedos com problemas na tinta estão o carrinho SARGE, personagem do Filme Carros, e alguns brinquedos Fischer Price (personagens Vila Sésamo e Nickelodeon). Entre as bonecas estão as Bonecas Polly e Barbie Tanner (com seu cachorrinho Tanner) por possuírem imãs minúsculos que saem do brinquedo com muita facilidade. Este recall só foi realizado após a morte de crianças pela ingestão de imãs que resultaram em torção intestinal ou perfuração do intestino das crianças. Com relação às tintas, o problema foi a intoxicação por chumbo. A reportagem cita que todos os brinquedos foram produzidos na China, local onde a produção é mais barata que no Ocidente. Por trás de tudo isso está a corrupção, pois a fiscalização faz vistas grossas às normas de produção. E, enquanto isso acontece, nossos filhos deliciam-se com brinquedos que colocam em risco sua saúde.
Só um detalhe, esses brinquedos possuem o selo do INMETRO…

Ainda na revista Veja, uma reportagem aborda a inclusão dos filhos em escolas bilíngues e a necessidade da apresentação de uma língua estrangeira à criança o quanto mais cedo possível. Não fiz curso de inglês. Na verdade comecei depois de casada mas não tive paciência para continuar. Sou autodidata nesse assunto (eu e Daniel), arranho bem uma leitura e uma tradução. Sou fraca na fala, mas entendo quando escuto. Mas quero que a Daniela aprenda inglês enquanto é cedo. Não quero que ela seja como a mãe que depende de dicionário para se expressar. Para pais que pretendem que seus filhos aprendam um idioma para seguir seu futuro aqui no Brasil mesmo, as escolas bilíngues são as mais indicadas. porém, pais que desejam ver seus filhos estudando no exterior, a melhor pedida são as escolas internacionais, que oferecem currículo idêntico ao do seu país de origem. Ambas as modalidades são cursadas em período integral, a diferença é que na escola Bilíngue meio período é cursado em português e meio período cursado na língua que a escola oferece. Na escola Internacional a abordagem do português é mínima, sendo que 90% das aulas é em língua estrangeira.
Opções maravilhosas para pais que têm entre R$ 1400,00 e R$ 2000,00 para investir mensalmente na educação dos filhos (um detalhe , para o ingresso em qualquer uma dessas modalidades de ensino,é necessário o pagamento de uma quantia referente a três mensalidades)…

Ainda na Revista Veja, a Seção GUIA traz o artigo “A Lição dos Bons Alunos”. O MEC mapeou os hábitos dos alunos com rendimento superior aos demais e teve as seguintes conclusões:
1) A média dos estudantes que dedicam pelo menos uma hora de estudos em casa para realização das tarefas é 30% maior que a média dos aunos que não fazem as tarefas de casa.
2) Os melhores alunos lêem em média seis livros por ano (fora os livros solicitados pela escola) e têm o hábito de comprar e ler jornais e revistas. Os demais estudantes afirmam não ler nem um livro durante o ano.
3) Os computadores usados em casa auxiliam no rendimento escolar por serem utilizados como ferramenta de estudo, porém quando usado na escola o efeito não é dos melhores.
4) Os melhores alunos praticam alguma atividade espostiva e/ou intelectual fora da escola.
5) As notas dos alunos melhoram cerca de 10% quando há participação dos pais na rotina de estudos dos filhos.
Bem, nada que foi concluído com a pesquisa é novidade. A presença dos pais e a influência deles é o fator mais importante para o processo de aprendizagem escolar dos filhos. Uma criança que vê os pais lendo, ou estudando, ou trabalhando em casa tem esses exemplos para o futuro. O hábito da leitura desenvolve o poder de criar e imaginar da criança e desenvolve a dicção e articulação com as palavras. O computador é uma ótima ferramenta de aprendizagem. Basta que os pais tenham paciência e tempo para ensinar a melhor forma de uso para seus filhos. A execução das atividades de casa são se extrema importância, pois é o momento de identificar as falhas, as dificuldades e de fixar os conteúdos vistos em sala de aula. As atividades extracurriculares são importantes para que o aluno tenha um descanso mental (atividades físicas são excelentes relaxantes mentais e ativa a produção de serotonina que proporciona a sensação de bem estar!
É isso aí… Vamos participar ativamente da vida escolar dos nossos filhos, nós e eles só temos a ganhar!

One response to “Recall Mattel, Escolas Bilíngues e A Lição dos Bons Alunos…

  1. Juliana Parrini

    Luuu!
    Qnto tempo! Estava com saudades!!!
    Li os outros post sobre o q aconteceu com a Dani. caramba! Aconteceu comigo c/ Gui tbm, tentaram achar a veia dele e furaram umas 10 vezes, até na perna falando que ele estava desidratado, fiquei com ódio daqueles medicos e fui para outro hospital que deu o seguinte diagnóstico, o febrao que ele tava era apenas uma inflamação na garganta.

    Então, é o q realmente vc disse, temos que nos informar antes, sim! Temos direito, sim!

    De mtos beijinhos e carinho na Dani!

    Ah, temos que estar sempre participando da vida dos nossos filhos, principalmente na escola msm; Mostrar que eles não estam sozinhos nesse mundo tão “injusto”

    Bjooookkkkkkasssss

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s