A nova muralha da China

Em pleno século XXI, na era da internet e do contato virtual com todo o mundo, atletas olímpicos serão privados de internet de boa qualidade.

Tudo porque, entre os investimentos feitos para as olimpíadas, está a construção de uma muralha que bloqueia sinas de internet suspeitos. Acesso ao Google, ao YouTube e ao Blogger é bloqueado, a sites que mencionem as palavras Tibete ou praça Tiananmen (onde ocorreu o massacre de estudantes que protestavam por mais democracia) também é bloqueado. E caso o internauta insista na pesquisa, além de ter a internet bloqueada, poderá receber a visita da polícia.

Isso porque o cerco está fechado, nada de pesquisas que estimulem a “liberdade de expressão” (CENSURA).

As medidas do governo para prevenir crimes virtuais são:

BANDA ESTREITA
Trinta mil fiscais, armados com 640 mil computadores, controlam tudo o que passa pela rede. Veja as barreiras que é preciso enfrentar para acessar um site ocidental, como o YouTube
LISTA NEGRA
Os provedores de internet têm uma relação com o nome dos sites proibidos pelo governo. Se o internauta digitar o endereço de algum deles (blogger.com, por exemplo), eles bloqueiam. Não aparece nenhuma mensagem específica; fica parecendo que foi um inocente problema técnico. A lista é alterada várias vezes por ano – e não é divulgada ao público.
PALAVRAS-CHAVE
Como a lista negra não consegue acompanhar o crescimento da internet (todo dia surgem milhares de novos sites), os chineses inventaram um sistema mais inteligente. Uma rede de computadores espiões analisa, em tempo real, todos os dados que entram e saem do país. Se detectar um de 500 termos proibidos, como “Tibete”, bloqueia a página no ato.
SITES MUTILADOS
Para agradar aos ocidentais que vão visitar a China na Olimpíada, o governo liberou alguns sites que eram proibidos. Mas está manipulando o conteúdo deles. Um software espião intercepta todos os textos ou vídeos considerados “subversivos” – e apaga essas informações antes que elas cheguem à tela do internauta.
CRIME E CASTIGO
O governo dá uma punição às pessoas que insistem em acessar conteúdo proibido: corta totalmente a internet delas (durante um período determinado, que começa com dois minutos e vai subindo conforme a reincidência no delito). Não dá para acessar nenhum site, nem mesmo as páginas “legalizadas”. Quem continuar tentando pode receber uma visita da polícia.
JEITINHO CHINÊS
Há uma brecha nisso tudo. As Virtual Private Networks (VPNs), redes particulares usadas por empresas ocidentais – que não sofrem censura nem espionagem. O chinês pode se conectar a amigos de outros países e montar uma VPN pirata. Mas isso não é fácil de fazer. “A maioria das pessoas não usa VPNs. Se usasse, o governo já teria feito algo a respeito”, diz Richard Clayton, da Universidade de Cambridge

Mas não é só a China que institui a CENSURA virtual, veja alista de outros países que a aplicam:
CUBA
Só existe um provedor de acesso – o governo, que bloqueia sites estrangeiros. Até maio, era proibido ter computador em casa.
EGITO
Não censura a rede, mas persegue quem escrever contra o governo – um estudante pegou 4 anos de cadeia por isso.
IRÃ
Já prendeu mais de 20 blogueiros e se orgulha de barrar 10 milhões de sites “imorais” (que têm sexo, política ou religião).
SUÉCIA
A internet é grampeada pelo governo – supostamente, para combater sites de pedofilia, racismo e downloads piratas.
CORÉIA DO NORTE
Até o começo do ano, era proibido ter celular (quem fosse pego com um era condenado à morte). Internet, então…
ARÁBIA SAUDITA
O governo afirma bloquear 400 mil páginas – de sites estrangeiros a blogs escritos por mulheres árabes.
FONTE: SuperInteressante

E, atenção Blogueiros de plantão: Mais de 48 blogueiros estão presos pelo crime de manifestar a opinião!
Leia também:

A outra muralha da China
Suspensão parcial À censura
COI vai investigar censura à internet durante os jogos
China defende censura à internet

One response to “A nova muralha da China

  1. olha muito obrigada pelo elogio lá no meu blog querida ^^ , e na minha opnião, de que adianta internet, se existe censura? , carambas, imagina nao pode acessar youtube,blogger.
    nossa, deve ser horrivel ;x

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s