Educação Religiosa nas Escolas…

Hoje a Gazeta do Povo publicou uma matéria que questiona a obrigatoriedade do ensino religioso nas escolas públicas.
Mesmo não tendo religião e sendo uma crítica ferrenha de ínumeras delas, considero muito importante o Ensino Religioso nas escolas sim.
O que não aprovo é ensinar a Religião Católica e a rezar o Pai Nosso. Sou a favor do ESTUDO das religiões, e nunca iria me opor se na escola da minha filha tivesse essa disciplina.
Acho importante que ela conheça todas as doutrinas e seitas para, no futuro, formar a própria opinião a respeito de “Deus”. Não tenho o direito de privá-la desse conhecimento, eu o tive. Mas não aceitaria que lhe impusessem, na escola, que ela tem que rezar antes de se alimentar.
O Ensino Religioso é tão importante quanto a história, as religiões sempre tiveram grande influência em todoas os grande acontecimentos das humanidade.

3 responses to “Educação Religiosa nas Escolas…

  1. Eu concordo contigo! A educação religiosa é muito importante na formação da personalidade e da disciplina da criança. Ensina a respeitar as pessoas, a ter fé. Meus pais sempre foram muito religiosos (católicos), mesmo de uma forma um pouco radical(pois nos mostrava Deus com “algo” a temer)isso tem me ajudado a ter forças para alcançar muitas conquistas. Pena que hoje meu pensamento tenha mudado um pouco, até sinto falta daquela fé que move montanhas…

  2. As crianças precisam ser informadas, não devemos esconder da criança, aquilo que a ajudara a ser mais forte,para enfrentar todas as dificuldades da vida… Neste mundo,tudo passa, absolutamente tudo, só DEUS, não passa, é essa certeza que nos mantem vivos e fortes,é isso que move as pessoas, a certeza que tem alguém em quem podemos confiar, alguem que olha por nós, independente de classe social, sexo, religão, poder, etc., costumo brincar com as pessoas, quer saber quem é melhor? deixe todos pelados, e ai sim vc poderá. ver com todas clareza que somos todos iguais diante de DEUS. FORÇA IRMAOS E IRMÃS DEUS NOS AMA,E ASSIM COMO ELE ENVIOU SEU FILHO,E CONSTRUIU SUA IGREJA, VAMOS CONTINUAR, A LUTA AINDA NÃO TERMINOU… com muita fé. Elza

  3. Elza, primeiramente obrigada ela visita! É sempre bom receber pessoas novas!
    Bem, quanto ao seu comentário, discordo de você quando diz que a criança precisará de “Deus”. Eu não preciso, sou atéia e não acredito que tudo se resolverá por “Deus”. Concordo em gênero, número e grau que todos são iguais, mas não perante “Deus”, perante os seres humanos mesmo. Acho que o fato de não crer em um “Deus” não me faz menos humana, menos moral, menos ética, menos capaz de amar e respeitar as pessoas. Presencio muitos preonceitos, de pessoas fervorosamente religiosas, contra quem discorda das opiniões do pastor, da bíblia, da igreja, do templo, de onde for. Sou a favor da educação religiosa nas escolas. Adoraria que na escola da minha filha ela aprendesse os paradigmas do budismo, do catolicismo, do evangelismo, do Seisho No Ie, do judaismo… Mas, a mposição católica (e agora evangélica) é muito maior que a cultura, e impõe nas entrelinhas que educação religiosa é estudar a bíblia ou equivalente. E, isso, minha filha só fará depois de saber tudo sobre o passado da igreja católica (não quero vê-la pregando mentiras sbre o quanto a igueja foi boa e todos os descrentes foram maus) e, se decidir por fazê-lo, o fará com consciência e não porque foi obrigada desde pequena a creditar nisso.
    Novamente, agradeço seu comentário e espero que volte mais vezes!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s