E mais desafios na escola…

Esta semana tive alguns probleminhas da escolinha da Daniela e, sinceramente, estou sem saber como agir!
Um dia na semana ela quiz levar um Papai Noel que canta e dança para um coleguinha ver, chorou, esperneou e acabamos deixando que levasse, mesmo sabendo que o dia do brinquedo é na sexta-feira. No mesmo dia veio um BILHETE na agenda solicitando que a MAMÃE NÃO ENVIASSE BRINQUEDOS SE NÂO FOSSE DIA DO BRINQUEDO. Poxa, estou na salinha dela todos os dias, cumprimento as professoras todos os dias, podiam ter vindo me falar que era para evitar de enviar brinquedos, imagino o quanto deve atrapalhar o planejamento, mas a DAni NUNCA levou brinquedos fora do dia do brinquedo. Me senti ofendida com o bilhete e com a fuga da professora que agiu como se nada tivesse acontecido. Não sei o que eles fizeram, se chamaram a atenção da minha filha, se esconderam o boneco. EStou com essa dúvida ainda.
NA quinta-feira ela não levou brinquedo nenhum e, na agenda veio outra observação “MAMÃE, FAVOR ENVIAR 1 BRINQUEDO AMANHÃ QUE É O DIA DO BRINQUEDO“. Mais uma vez, nada me foi dito na sala, somente um recado muito grosseiro. Meu marido não gostou muito mas deixamos, afinal no outro dia ela levaria um brinquedo.
Ontem ela quiz levar novamente o Papai Noel, e somos muito conscientes de que todos brincam com os brinquedos de todos e que tem coleguinhas que quebram, riscam… Mas o Papai Noel voltou quebrado ao meio. Tudo bem, brincaram e quabraram. Só que mais uma vez, as professoram agiram como se nada tivesse acontecido. Não me falaram nada, só vi quando abri a sacola em casa! Meu marido , que foi buscar a Dani depois que eu já tinha buscado, disse que uma das professoras perguntou se tinha problema as crianças brincarem, mas não comentou o que tinha acontecido.
Ficamos muito chateados! É só um brinquedo, mas considero que a escola nos deve uma satisfação sobre o que aconteceu, qurm quebrou e em qual circunstância. Se foi acidente, se as crianças disputaram e o brinquedo quebrou, se alguém jogou na cabeça de outro coleguinha, se um coleguinha quebrou por maldade. E dependendo da situação cobrariamos providências (não, não quero que reponham o brinquedo, mas que os brinquedos que vão no DIA DO BRINQUEDO não voltem destruidos!
E, quanto a isso, vou fazer a diferença! Tentarei novamente dialogar com a pedagoga.
E você, já passou por situações assim? O que faria para mudar mais desafios da escola do seu filho?

Não deixe de participar do concurso escola, deixando seu depoimento aqui!

6 responses to “E mais desafios na escola…

  1. Michelle Müller

    Báh Lu que situação chata, como mãe ficaria bem incomodada com esta situação,a professora deveria ter falado diretamente para ti sobre o que aconteceu! Eu tive um problema na escola do meu filho e fui atrás, um brinquedo que ele levou simplesmente sumiu, foi pedido que os pais olhassem as mochilas, mas o brinquedo nunca apareceu, falei direto com ela. O Henrique sempre conta as coisas que acontecessem e se por acaso elas não anotaram na agenda e também não comentaram nada comigo vou lá perguntar. Mas no teu caso é óbvio que elas deveriam ter falado direto contigo, onde já se viu ninguém explicar como o brinquedo foi quebrado!!
    estrelinhas coloridas pra ti…

  2. Pois é Mi… O que mais me chateia é que a Dani ainda não fala tudo que acontece na escola. Ela fala palavras soltas e tenho que adivinhas o que houve! Mas hoje vamos lá conversar com a pedagoga e explicar a nossa chateação. Que é so mais uma entre tantas!!!!
    BEijos Mi!!!!!!

  3. Lu, infelizmente essa é uma situação comum em muitas escolas. afinal, já sabemos da incapacidade da escola se comunicar de forma eficiente. O que fazer? Eu sou chata e acho que precisa-se ter mais pais chatos nas escolas. Acho que chegou a hora de agendar reunião. escreve na agenda: quero marcar reunião pra falar sobre brinquedo. E fale tudo: que errou ao deixar a filha levar o brinquedo no dia errado, mas não gostou da forma de comunicação da escola. Poderia até ter recadinho na agenda, mas vc merece também uma conversa olho no olho. Também deixa claro que no dia do brinquedo é um momento que eu, pelo menos, acredito que deve ser trabalhado o respeito pelas coisas dos outros e as brincadeiras precisam ser monitoradas. Cada criança poderia mostrar seu brinquedo, falar como brinca em casa e depois a professora deveria aproveitar este conteúdo pra mostrar a relação amorosa e de carinho que as crianças tem com seus brinquedos e, justamente por isso, todos devem ter cuidado com os brinquedos dos outros, além de cuidar dos seus próprios brinquedos. é um momento único de explicar RESPEITO. Agora, com certeza, criança é criança e muita coisa será quebrada. faz parte e não sou a favor da recriminação dependendo da situação, mas duvido que haja esse cuidado preventivo de aproveitar o dia do brinquedo pra ensinar respeito pelo outro. prova disso é que a escola não respeita os pais na hora de informar que o brinquedo quebrou, como quebrou e como nossos filhos reagiram diante disso. Mais uma vez: comunicação é crucial pra escolas também aprenderem. pena que elas não participam dos nossos debates. bjkas e boa reunião!

  4. FAlei com a Pedagoga, Ceila e ela me informou que soube do acontecido, mas que achava que as professoras tinham falado comigo. Falou que vai conversar com elas e saber o que houve ao certo!
    MAs ficou por isso mesmo!
    Beijos Ceila e obrigada pela força!

  5. Lu, um dos maiores desafios que tenho na escola do meu filho é a falta de união dos pais. Pode parecer besteira para muitos, mas acredite que só conheço meia dúzia deles, pais de amiguinhos mais chegados. A escola é bem rígida e não aceita muito a nossa opinião, infelizmete… Você acredita que nem reunião com os pais eles realizam? Foi um susto que tive ao saber disso! Se preciso falar com a professora ou utilizo a agenda, ou marco uma entrevista. Quando é o contrário, eles ligam diretamnte para os pais. Infelizmente é assim, o que reflete nas relações das crianças, na minha opinião. Meu filho estuda nessa escola há um ano e meio e até hoje não se sente acolhido – ele veio de uma escola no RJ completamente diferente! Mas como na quinta série ele deve mudar de escola de novo e a escola atual tem um ensino bem forte, achei melhor ir levando… Falta pouco, rs, e nem tudo pode ser perfeito!
    beijos e bom debate!

  6. Evellyn, é difícil não é. A escola da minha filha nunca fez uma reunião!
    Eu sei das coisas porque fico lá forçando a situação, mas não conheço os pais dos coleguinhas, só de vista.
    Até pesei em trocar de escola no ano que vem, mas ela gosta tanto dos coleguinhas, fico com medo de dsfazer esses laços de amizade dela! E como você, também vou levar por mais um tempo!!!
    BEijos e boa sorte!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s