Filhote doente…

Já comentei várias vezes por aqui o quanto mudei enquanto mãe. Já fui mãe neurótica, que corria para o PS ao menos sinal de febre. Já passei noites acordada olhando minha filha durante uma otite ou a fototerapia na maternidade. Já tive sensações que se confirmaram segundos depois em acidentes graves. Já fui super relax e deixei que a minha filha rabiscasse a parede do corredor sem dar pitis.
Hoje, depois de três anos, fixei minha forma de ser mãe. Sou um pouco de cada uma, tudo muito medido para que meu tempero não sufoque minha filha.
Percebi isso porque desde ontem a Dani está com febre alta, nariz congestionado, rouquinha e hoje percebi muitas feridas na boca dela (sempre que ela tem febre as feridinhas aparecem). Meus pais perguntaram durante o almoço se não queria levá-la ao PS porque ela estava muito abatida. “Não, é só gripe, eu posso cuidar dela sem antibiótico nenhum!”
NOSSA! Nunca fui tão segura assim com relação à saúde dela, minha família sempre me deixou muito insegura (“Se acontecer alguma coisa você vai se arrepender de não ter levado no hospital!!!” – Já ouvi isso várias vezes). No ano passado, depois de no ano anterior ela ter tomado cinco vezes antibiótico, decidi que ela não tomaria mais sem necessidade. Curei uma otite só com compressa, chá e colinho de mãe, e modéstia parte, mais rápido que os remédios já tinham curado ela!
Acredito que o corpo precisa de um tempo para reagir, para então responder e se defender. Nosso corpo é perfeito, consegue se auto imunizar de agentes infecciosos simples (gripes por exemplo), não precisa de intervenção. Muita gente toma remédio para a gripe achando que vai matar o vírus, sem saber que o remédio só alivia os sintomas, não acaba com a doença. Ou seja, vai ficar três, quatro ou cinco dia tomando anti gripais e vai continuar com o vírus até que ele complete seu ciclo.
E, ao invés de investir em tratamento, decidi investir em prevenção. Muita salada colorida e uma alimentação variada e saudavel nos rendeu UM ANO sem gripe na Dani. Ela não ficou doente nenhuma vez no ano passado inteiro.
Esse ano ela pegou a minha gripe e ficou abatidinha mesmo. Mas já providenciei um xarope de agrião caseiro (que vou colocar a receita aqui) que já ajudou a reduzir a tosse, mel e limão também tem cumprido seu papel no alívio da gripe dela.
É isso aí, vamos prevenir. Nosso corpo agradece. (sempre que menciono antibiótico lembro da modelo que morreu de infecção urinária porque os antibióticos não surtiam efeito – consumo sem necessidade fortalece bactérias comuns!).

Xarope caseiro de agrião

1 maço de agrião
1 xícara de melmelagriao
suco de 1 limão

Ferva o maço de agrião lavado (folhas e talos) em 1/4 de xícara de água durante 20 minutos em fogo baixíssimo. Depois de fervido, junte o agrião com a água da fervura ao mel e ao limão no liquidificador. Bata até que forme uma mistura homogênea e armazene em pote de vidro na geladeira.
Tome 1 colher de sopa a cada duas horas.

4 responses to “Filhote doente…

  1. Oi Lu, tb sou adepta da homeopatia e detesto remedios, mas confesso que recentemente a insegurança bateu e não banquei, acabei dando antibiótico pra minha filha.
    Ah, tem um selinho pra vc lá no blog.
    Beijo
    Renata

    • Re, de vez em nunca antibiótico pode ser necessário. Mas com a Dani os médicos viam ela tossir, taca antibiótico.
      Depois que aboli antibiótico e outros medicamentos, ela não ficou mais doente.
      BEijokas e obrigada pela indicação.

  2. Muito bacana o post, amiga. Realmente hj eu sou mais “relax” no sentido de correr logo para o hospital. Não faço mais isso, apesar de continuar muito neurótica com doenças…rs. Outra coisa q hoje tenho bastante cautela é dar antibióticos sem necessidade, pois no ano passado, os meus filhos tomaram atb várias vezes e em todos os casos nem era necessário. Portanto, agora procedo da seguinte maneira: Observo a febre e se ela persistir por mais de dois dias, aí sim, levo na pediatra, vejo a necessidade de antibiótico, etc, se bem que as febres dos meninos não tem passado de um dia, Graças a Deus, e sendo assim não tenho feito uso de antibióticos, no máximo, o que dou é o antitérmico mesmo pra controlar a febre. Beijocas e saudades de vcs!

    • Pois é Ana, eu também dava antibiótico a torto e direito. Mas isso deixa a criança mais fraca e menos imune às doenças. Ano passado não dei remédios e a Dani não teve nada!!!! Isso é um bom sinal!!!!!!!!!
      Beijos e saudades de vocês também.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s