Criança dá trabalho…

… E que trabalho gostoso, diga-se de passagem!!!!

Lembro quando amamentava minha filha a noite inteira. Eu falava que estava muitoi cansada mas que era um cansaço tão gostoso, só físico! Isso porque criança dá trabalho mesmo.

Li sobre este assunto no Desabafo de Mãe, um post em que a Ceila descreve o quanto é importante a troca de experiências pelas mães, o quanto nos completamos. No post é citado um desabafo de Eleonora comenta sobre a responsabilidade que certas mães atribuem a babàs.
Digeri todas essas informações e resolvi desabafar também.

Fui mãe aos 25 anos,engravidei sem planejar e decidi que teria que encarar a maternidade de alguma forma. Talvez uma fuga tenha sido me dedicar a adiquirir objetos que seriam usados (ou não) pelo bebê. Comprei roupas, acessórios (para meninas tem muita coisa), inutilidades, tudo que eu imaginava que poderia ser indispensável.

Acabei deixando de lado situações mais importantes, como o parto e o pós-parto!

Foi “sugerida” uma cesárea, a qual não discordei pois as chances de quebrar o ombrinho ou de partir minha bacia eram grandes, já que na ultrasonografia minha filha parecia filha de gigante, segundo o obstetra.

Enfim, nasceu meu gigantes de 42cm e 2,375Kg. Sim, eu poderia ter um lindo parto natural sem complicações. Mas como não me informei a respeito das mentiras contadas a gestantes para que o médico  não corresse o risco de ser acordado no meio da noite por uma parturiente que ficaria pelo menos 8 horas em trabalho de parto.

OK! Arrependimentos a parte, chegou o pós parto. Minha casa virou a casa da “Mãe Joana”, vistas que não acabavam mais e diárias. Inconvenientes sim, sem dúvida! A questão é que sempre me deixei levar pelas ameaças e pressões da família. Para eles eu e o marido éramos dois irresponsáveis por não ter planejado a gestação.

Até que decidimos tomar conta das nossas vidas e ignorar o que não queríamos ouvir. Deu certo, pegamos nossas vidas de volta e aqui estamos.

O que eu queria dizer é que, durante a gestação eu não pensei no trabalho que teria. Nas noites sem dormir por conta de uma febre, das noites mal dormidas dividindo a cama com este ser tão pequeno e tão espaçoso. Das vezes que teria que levá-la junto ao trabalho, ou teria que pegar ônibus cheio com criança no colo e fazer a viagem em pé. Isso é trabalho!

Mas, NUNCA, delegria a um estranho a função de ser mãe da minha filha. Não me culpo por trabalhar fora porque o tempo em que estamos juntas é o mais gostoso do mundo.

Há uns dias, a atriz Angélia relatou em uma entrevista:

Joaquim e Benício ainda nem saíram das fraldas e Angélica já pensa em como será a fase adolescente dos filhos. Em entrevista coletiva durante um evento realizado em São Paulo nesta quarta-feira (18), a apresentadora disse que, quando crescerem, eles conquistarão muitos corações. “Meu filhos são lindos, vão namorar pra caramba. Eles vão passar o rodo!”, brinca.

Ainda sobre os pequenos, a loira garante que está conseguindo dividir as tarefas com Luciano Huck: “a gente reveza bastante, por enquanto está dando certo”. Quando volta para casa, ela diz que costuma levar mimos para os dois. “Eu digo que mamãe não está em casa, mas mamãe traz presentes”, diverte-se.

Num vestido preto justo, Angélica mostrou que está ainda mais magra. “Estou seguindo a dieta do trabalho”, revela. Sem tempo para malhar, a apresentadora diz que tenta compensar a rotina desregrada com suplementos: “tomo vitaminas e tento seguir algumas dicas do meu médico ortomolecular”.

Bem, algumas mães compram seus filhos com “pequenos mimos”, outras com muito amor, carinho e dedicação no tempo que estão junto com os filhos! Sou da segunda opção!!!

Beijos e muito trabalho com os filhos de vocês!!!!!

4 responses to “Criança dá trabalho…

  1. É Lu! Criança dá um trabalho de certa forma antagônicos, é prazeroso e cansativo. Atualmente estou com um “trabalho” que adoro ter e até estava com saudades de fazer, cuidar de Sofia. Dar-lhe banho, trocar-lhe a fralda, nina-la, amamentá-la, são momentos inesquecíveis. Eu particularmente adoro fazer tudo isso. Já com Pedro Henrique o trabalho é outro. É dar-lhe atenção 24h, dizer não quando precisa, educar, fazer carinho, brincar, dar gargalhada junto… dói saber que quando a licença terminar ficarei longe pelo menos 9h por dia de tudo isso. E resta-me acreditar que a pessoa que ficar com eles irá fazer algo parecido com o que faço hoje… E resta-me mostrar ainda mais pra eles que os amo muito e que são a razão da minha vida…não com presentinhos, mas com atitudes.
    Beijinhos

    • Pois é Elisa. Eu também tendo mostrar o quanto a Dani é especial através de atitudes. Presentinhos um dia se perdem e as atitudes ficam guardadas no coração para sempre!!!

      BEijokas

  2. Elaine Stival

    Muuuuito trabalho!!!
    Tbm tinha as mesmas dúvidas que vc, e tbm comprei coisa que nao usei, kkkk
    Normal, depois de uns 7 filhos a gente acostuma, heheh.
    Bjs.

    • AHHAHAHHAHAHHA
      Depois de uns sete filhos e olhe lá!!!! Hoje sou muito mais prática, nada de entulhos.
      Hoje quero começar uma limpa nos brinquedos da Daniela, ficar só com os que ela realmente brinca e os outros vamos doar!!!!
      Beijos Elaine!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s