M. Saúde lança cartilha contra violência à criança

O Ministério da Saúde vai distribuir três mil cartilhas sobre o impacto da violência na saúde das crianças e adolescentes durante o 3.º Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que reúne três mil pessoas de 140 países no Rio, até sexta-feira. O documento trata das estatísticas sobre as agressões e orienta sobre como agir em caso de abusos. “A cartilha é um alerta que o Ministério da Saúde faz para a situação de violência que está sendo cometida contra crianças e adolescentes no Brasil. A cartilha chama a atenção para o crime sexual, para abusos inaceitáveis que são cometidos contra as crianças”, afirmou a coordenadora de Saúde do Adolescente do Ministério da Saúde, Thereza Delamare. Odocumento aponta para as conseqüências da violência sobre o desenvolvimento dos jovens – ansiedade, transtornos depressivos, alucinações, baixo desempenho na escola e tarefas de casa, alterações de memória, comportamento agressivo, violento e até tentativas de suicídio. Na vida adulta, o abuso na infância e adolescente se traduz em uso excessivo de álcool e drogas. “A violência é um grande problema de saúde. A criança que sofre abuso constante terá impactos importantes na saúde mensal, que trarão prejuízos para a sua vida adulta”, diz Thereza. l Violência invisível  O material foi produzido a
partir de dados coletados em 2006 e 2007, pelo Sistema de Vigilância de Violências e Acidentes (VIVA), com informações obtidas nas fichas de notificação de violência doméstica, sexual e outras violências. Desde 2006, institutições de referência de 27 capitais alimentam o Viva. Dos 1.939 registros de violência contra crianças de até 9 anos, 845 (44%) foram por violências sexuais. Entre os adolescentes (10 a 19 anos), esse tipo de ocorrência correspondeu a 1.335 (56%) dos 2.370 casos notificados. “Muitas vezes esses registros são de crianças e adolescentes submetidos à exploração sexual. Eles saem das suas casas, caem numa rede de exploração e sofrem uma violência brutal”, comentou Thereza. Após o congresso, as cartilhas serão distribuídas em unidades de saúde, escolas e conselhos tutelares Thereza ressalta que na maioria dos casos a violência contra crianças e adolescentes
é “invisível”. A residência foi o local em que houve 58% dos episódios de violência sexual contra crianças e adolescentes. Os adolescentes também sofreram abusos na rua (20% dos casos). Já entre as crianças, as agressões sexuais ocorreram em unidades de saúde em 9% dos registros.

crianca

“Quando a criança e o adolescente apontam que a residência foi o local da violência, elas dizem que o crime foi cometido por pessoa próxima. A violência intrafamiliar é um desafio
para toda a sociedade, ela é invisível. Hoje temos bons mecanismos para proteção da
criança e adolescente, como Disque 100 e conselhos tutelares, e precisamos usá-los para
evitar essa barbárie contra crianças e adolescentes”, afirmou.

clicabrasilia de 26.11.08

2 responses to “M. Saúde lança cartilha contra violência à criança

  1. jeanne venancio do amaral

    Sou universitaria do serviço social, e estou fazendo um trabalho sobre esse tema e estou boquiaberta, pois so ficamos sabendo dessas barbaridades; quando nos envolvemos profundamente em estudos, estou assustada com tudo isso, pois é muito triste ver nossas crianças sendo maltratadas desse jeito. Pergunto onde esta o AMOR? .AMOR que nossos pais ensinaram?Que AMOR é esse? Que fere, machuca, mata? Elas são tão inocentes que nem sabe o que esta acontecendo.Isso é MONSTRUOSO.

    • Olha Jayanne, eu também me pergunto, onde está o AMOR? Onde está o RESPEITO? O que essas pessoas tem é um sentimento de posse sobre outro ser indefeso, e não medem consequencias para provar essa posse. Não sei o que pensar disso… Mas dói, e muito saber que nossas crianças sofrem assim!!!!

      Beijos e obrigada pela sua visita.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s