Quatro anos de muito amor…

Hoje, dia 11 de março, é mais uma vez o dia mais feliz da minha vida. Há quatro anos eu recebia meu melhor, maior, mais importante e mais engrandecedor presente: minha filha Daniela! Antes de ser  mãe… É o primeiro texto do meu blog. É um texto lindo que traduz meu sentimento. Esses quatro anos não foram fáceis, foram anos de crescimento espiritual, anos de entendimento e de aprendizado. A Dani me ensinou que, não é só porque estava brava com alguém, que deveria brigar com ela “Por que você tá bigando comigo, mãe?” (lágrimas…), ela me ensinou que às vezes temos mau humor súbito e que um abraço, um carinho ou um cheirinho fazem aquele mau humor sumir. Ela me ensinou que não devo ficar brava com ela quando algo ruim acontece (um xixi escapa), afinal “Quando você era pequena você também fazia xixi na calça, né mãe?” (lágrimas…). Foi com a Dani que aprendi a musiquinha “Todos somos necessários, paia cuidar da vida, paia salvar o paneta!“… por ela, fui condecorada Princesa Aurora e o pai condecorado príncipe Felipe, enquanto ela é a “Cindeiéia”… É dela que ganho “Bom dia mãe, você doimiu bem?”… “E você Alice? Doimiu bem?“… Foi com ela que aprendi que com paciência podemos viver harmônicamente, que podemos passar semanas sem brigar porque nos respeitamos, e hoje ouvir um “Tá bom, mãe!” sem choros é uma vitória.

Por ela tenho paciência de Jó para engolir a seco “Essa guria não come nada!”, ou “Ela é tão magrinha, vai ficar doente!”… E depois de engolir a seco, rir por dentro pensando “Ela só gosta da comidinha da Mamãe!”… Por ela aprendi a dizer e manter um “NÃO”, dolorido, mas firme. É dela que mais tenho orgulho na vida, chorei sim quando a professora a elogiou na semana passada “A Dani é uma criança maravilhosa, tão prestativa, me ajuda, tão querida, meiga!”, e eu respondi de boca cheia “Estou em casa 24 horas para ela! Ela pediu isso mostrando que precisava de mim e eu atendi. Agora ela está assim, um doce!”…

Nossa, quatro anos! Os melhores quatro anos da minha vida. Hoje penso que a Dani ensinou mais a mim, do que eu a ela! Às vezes olho para ela e me vejo tão pequena, tão ignorante… Não sou capaz de fantasiar como ela faz, não tenho sua flexibilidade, não tenho seu fôlego, não tenho sua energia, não tenho sua sinceridade “Mãe, você tá muito descabelada!“. Não sei viajar longe sem sair do lugar “Não te dei um beijo, poque agoia eu vou pa São Paulio e vo tabaia de biciqueta!“… É, ainda tenho muito que aprender!

Tenho chorado, e muito. Temos sido melhores amigas, tenho tido uma companheirona para todas as horas, tenho uma filha que me ama e fala isso abertademente “É de amor né mãe!“… Sou feliz sim, sou mãe da Dani! (lágrimas…)

O meu chuchuzinho cresceu, toma banho sozinha, se veste e escolhe a própria roupa. E eu nem percebi… Ela não cabe mais no meu colo, mas mesmo assim adora ficar aninhada em mim! E agora, enquanto ela dorme, fico aqui, sozinha, chorando e lembrando de tantas coisas que passamos e fizemos juntas. Fico lembrando do olhar brilhante dela, aquelas duas jabuticabas que se expressavam sem palavras. Lembrando do seu cheirinho, de como é bom estar com ela, de como ela é minha melhor companhia!

Esse post é seu, Daniela… É de amor! Todas as felicidades do mundo para você, Vidoca da mamãe!

Beijokas

9 responses to “Quatro anos de muito amor…

  1. Parabéns Dani!!!
    E parabéns Lu por toda sua dedicação como mãe, não é fácil, mas vale toooooodo o esforço!

    BjoS!!!

  2. lindo post Lu… emocionei demais!
    Parabéns pra Dani, pelos 4 anos e pela mamãe carinhosa que ela tem.
    que venham muitos mais. e que o amor aumente a cada dia. e sempre.

    muitos beijos pras duas

  3. ai lú adorei, parabéns pra dani, lembro como se fosse a hj a estrela falando com cara de passada “O DANI VAI SER PAPAI!!!!” e hj olha só o tamanho da Dani!!! ontem a manoela me tirou do serio e foi nossa maior briga mas hj esta um amor, como é dificl, me sinto tão culpada pelos não!!! aff
    mas aprendemos muito mais mesmo
    bj

    • Ahhh Dani, o NÃO dói mais em nós do que neles, porque eles acabam esquecendo e nós ficamos remoendo. Assim como as brigas… Vantagem das crianças que não perdem tempo com mágoas ou rancores!!!! Mas eles nos ensinam muito mesmo, sobre respeito – quantas vezes agimos como se eles não tivessem vontade própria ou gosto próprio… É difícil ser mãe, ainda mais quando queremos que nossos filhos tenham uma educação que lhes garanta força no futuro!
      Mas vou te contar, foi bem difícil para o Dani aceitar a paternidade. Hoje ele tira de letra!!!! E agora vem a Alice, aí nem tem o que contestar! HAHAHHA

      Beijossssss

  4. Pingback: Receitinha deliciosa e saudável… « Simples como Viver

  5. Que texto lindo! Como essas criaturinhas mudam a vida da gente, né? Me emocionei! Parabéns, Lu! Parabéns, Dani!

    • Marcia, mudam mesmo nossa vida. Apesar de todos os pesares, é a melhor coisa da vida de uma pessoa ter filhos!!!

      Obrigada!!!
      Beijokas

  6. Luuuu!!!
    Quero dizer que vc escreve lindamente….
    Parabéns pelas filhotas!!! Tá chegando mais uma, né?!
    Adoro vc!
    bjão

  7. Lindo post, Lu ! Parabéns pra você e para a Dani-linda.
    beijocas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s